PARCEIROS DA EXPEDIÇÃO

logo_quinta_da_arrica.pnglogo_mercado_do_montado.pnglogo_cabra_douro.pnglogo_regiao_turismo.pnglogo_municipio_coruche.pnglogo_coruche_inspira.pnglogo_vale_pau.pnglogo_aventura.pnglogo_museu.pnglogo_ponte_de_sor.pnglogo_apicultora.pnglogo_observatorio.pnglogo_quinta_da_mimosa.png

Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; plgContentJw_sigpro has a deprecated constructor in /home/explorer/public_html/old/plugins/content/jw_sigpro/jw_sigpro.php on line 19

Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; plgContentJw_allvideos has a deprecated constructor in /home/explorer/public_html/old/plugins/content/jw_allvideos/jw_allvideos.php on line 18
A 5ª Edição da Expedição ao Montado foi a maior alguma vez realizada, com 2 dias de duração.  Com cerca de duas dezenas de viaturas participantes, o grande passeio subordinado aos montado de sobreiros de Portugal percorreu mais de 300 quilómetros nas províncias do Ribatejo e Alentejo, atravessando uma região particularmente rica em fauna e flora naturais.
Depois semanas a fio com chuva, o fim de semana do passeio não podia ter um clima melhor. Com o sol a brilhar e temperaturas amenas, os participantes oriundos na sua maioria da zona litoral tiveram dois dias de verdadeira primavera para fazerem a longa viagem pelos caminhos agrícolas e florestais de Coruche e de Ponte de Sor.  Sempre com uma dificuldade baixa, a viagem acabou por ter um ritmo relativamente rápido nos dois dias do passeio, graças ao estado dos pisos que permitiram a progressão da caravana sem quaisquer problemas, mesmo para as viaturas com capacidades mais reduzidas.  A organização acabou no entanto por decidir anular a travessia da Ribeira do Sor na Tramaga, por uma medida de segurança e salvaguarda dos participantes 
No que diz respeita aos pontos de visita no domingo a "Expedição" teve um dia mais preenchido, passado pelo Museu Municipal de Coruche logo pela manhã, e dirigindo-se depois para "A Apicultora" para uma visita a um apiário e prova de sabores com mel.  Depois seguiu-se uma breve paragem junto aos moinhos de água da Tramaga, Ponte de Sor, que atencedeu o almoço tradicional.  Antes do recomeço da viagem houve ainda tempo para uma visita ao Centro de Artes de Ponte de Sor onde está exposto o maior painel de rolhas de Portugal, e ainda para visitar a Fábrica do Arroz (uma antiga fábrica transformada em museu)e finalmente a feira de sabores de Ponte de Sor.  A parte da tarde acabou por ser praticamente toda ocupada com a viagem até à povoação de Fajarda, em Coruche onde foi servido o jantar numa unidade de Turismo rural no interior do montado.
No domingo a viagem recomeçou quase junto ao ponto de chegada de Sábado, no auditório da União de Freguesias de Coruche, Fajarda e Erra. Depois do pequeno almoço, a caravana seguiu para o local onde teve lugar a "Eco-Iniciativa" de plantação de sobreiros. Esta é uma iniciativa importante e simbólica, pois mostra o compromisso dos organizadores e participantes em contribuir para a preservação dos montados.  Depois desta iniciativa, os participantes seguiram em caravana para aquele que era o ponto mais esperado do programa dos dois dias de passeio: O Cozido Tradicional em Lume de Chão. Uma vez mais esta refeição surpreendeu e superou expectativas e é já um marco neste passeio.  Durante a tarde do feriado de 25 de Abril, houve ainda tempo para uma visita á Coudelaria de Vale Pau para ver de perto como se criam e treinam cavalos lusitanos.  A 5ª Expedição ao Montado terminou em Vila Nova de Erra, onde teve lugar um concerto e uma mostra de sabores do Montado.
 
Luís Pirralho, da X-Adventure: "Estamos cansados mas muito satisfeitos. Este evento de 2 dias era um desafio que tínhamos colocado a nós próprios, sobretudo para que tudo corresse na perfeição ou pelo menos perto disso. Penso que conseguimos. Claro que não podemos ser presunçosos, e existem sempre pontos que podem e vão ser melhorados já para os próximos passeios.  Acho que os participantes gostaram desta longa viagem e do programa que preparámos para eles."
 
Hélder Custódio, do Todoterreno.pt: "Foram muitos dias a preparar este passeio e tempo passado a desenhar o roadbook, e poder chegar a Vila Nova de Erra sem problemas e com o programa cumprido dentro dos horários foi realmente um dos pontos mais importantes.  Acho que foi do agrado geral dos participantes e também dos nossos parceiros. No entanto o trabalho não para, e temos já pela frente mais um evento dentro de poucas semanas."
 
O Calendário Expedição ao Montado Series, continua já no próximo dia 29 com o 4º PASSEIO TT FICOR 2016,  que irá percorrer sobretudo a zona sul do Concelho de Coruche. Inicialmente esta previsto um outro traçado, mas as condições climatéricas atuais já influenciaram em definitivo o passeio e a organização já decidiu seguir uma nova rota.  Um dos pontos altos, senão mesmo o ponto alto do passeio será o almoço, servido bem no interior da floresta e subordinado á temática da caça.
 
Os parceiros da Expedição ao Montado foram as seguintes entidades: MUNICIPIO DE CORUCHE, MUNICIPIO DE PONTE DE SOR,  ERT – ALENTEJO/RIBATEJO, A UNIÃO DE FREGUESIAS DE CORUCHE, FAJARDA E ERRA, O MERCADO DO MONTADO, O PORTAL CORUCHE INSPIRA, O MUSEU MUNICIPAL DE CORUCHE, O POSTO DE TURISMO DE CORUCHE, A QUINTA DA ARRIÇA, A COUDELARIA VALE PAU, A APICULTORA, A QUINTA DA MIMOSA, O MONTE DAS GAMAS, O SITE AVENTURA.PT,